You are currently browsing the monthly archive for junho 2007.

O site TV Guiide listou as trinta melhores serie de todos os tempos. A lista pode até ser polêmica para alguns, mas em geral faz justiça.

Acompanhe agora a lista em contagem regressiva feita pelo TV Guide:

30) Strangers with Candy (1999-2000)

29) Absolutely Fabulous (1994-2003)

28) Stargate SG-1 (1997-2007)

27) H.R. Pufnstuf (1969-1971)

26) Mary Hartman, Mary Hartman (1975-1978)

25) Firefly (2002-2003)

24) Twin Peaks (1990-1991)

23) Dark Shadows (1966-1971)

22) Doctor Who (1963-presente)

21) Freaks and Geeks (1999-2000)

20) The Avengers (1966-1969)

19) Quantum Leap (1989-1993)

18) Veronica Mars (2004-2007)

17) A Bela e a Fera (1987-1990)

16) Babylon 5 (1994-1998)

15) Family Guy (1999-present)

14) Battlestar Galactica (2003-presente)

13) Mystery Science Theater 3000 (1989-1999)

12) Pee-Wee’s Playhouse (1986-1991)

11) Jericho (2006-presente)

10) Xena: A Princesa Guerreira (1995-2001)

9) Twilight Zone (1959-1964)

8) Os Simpsons (1989-presente)

7) The Prisoner (1967-1968)

6) Monty Python’s Flying Circus (1969-1974)

5) Lost (2004-presente)

4) Farscape (1999-2003)

3) Buffy – A Caça Vampiros (1997-2003)

2) Arquivo X (1993-2002)

1) Jornada nas Estrelas (1966-1969)

**********
Notícia postada na base do ctrl C + ctrl V. E daí?

E Cadê 24 Horas? Heroes e C.S.I. também fizeram falta.

Sair do serviço feito um alucinado pra não perder o fretado: ok;

Mudar o horário do despertador das 4h15 da manhã para as 22h: ok;

Dormir às 18h e acordar as 22h: ok;

Ajustar o horário do despertador novamente para as 4h15: ok.

O que eu não faço pra assistir a final de O Aprendiz e a um episódio de House? Fã é fã.

Acho que dessa vez dá certo.

**********
Um amigo me perguntou: qual é o peso de um não?

A resposta: O peso do não corresponde ao peso da pergunta. Se é uma pergunta que vale 10 pontos, o não também vale os mesmos 10 pontos. Mas se a resposta for sim, ela vale 100.

Isso, é claro, depende da pergunta. Esses valores podem se inverter.

**********
E eu mandei uma pergunta para ele: Um dia essa bosta vai ter que mudar. Mas quando?

Ele vai me mandar a resposta em breve.

**********
Finamente, depois de perder a Mostra de Cinema de São Paulo, vou poder assitir O Balconista 2, último filme do cineasta pop Kevin Smith, que estréia essa semana.

Ainda não vi os cinemas que exibirão o filme. Espero seja mais salas do que o injustiçado Extermínio 2.

Apesar que seria muito legal assistir o filme sozinho novamente, sem ninguém mais no cinema.

**********
Uma amiga descobriu que um esquema dela ta namorando. Ela ta muito mal com isso.

Ela dise que vai mandar um e-mail pra perguntar se a amizade entre eles será a mesma. Eu disse algo como:

Se uma ex namorada soubesse que eu tô namorando, e essa ex me mandasse um e-mail sobre manter a amizade, eu diria o que ela queria ouvir: que a amizade seria a mesma, essas coisas. Mas também teria uma certeza: de que ela ainda gosta de mim.

Mas se conselho fosse bom, não se dava, se vendia.

**********
Outra amiga avisou que vai ser a nossa nova sócia na agência de comunicação visual. Eba!

Essa mesma amiga será, em breve, mais uma fã de Heroes. Yatáááááááá.

**********
Ainda não saiu o vencedor de O Aprendiz, mas eu e e mesma amiga de cima estamos acompanhando e comentando via msn.

Tô torcendo pra xará dela ganhar.

**********
No último acesso ao meu blog, a quantidade de visitantes era de 666.

M.E.D.O.

E a fúria consumista continua. Depois de comprar a 6ª temporada de Arquivo X, hoje foi a vez da 1ª temporada de 24 Horas fazer parte da minha coleção. Sem falar no game Marvel Ultimate Aliance, adquirido também hoje.

**********
E por falar em séries, acho que já tenho coisa demais pra assistir. Além das duas séries citadas acima, conseguirei a 1º temporada de Grey´s Anatomy amanhã com uma amiga e a 1º temporada de Lost com um professor na sexta.

Isso me manterá ocupado até setembro, quando a 2º temporada de Heroes estrear. Haja banda larga!

**********
E por falar em banda larga, finalmente assinei essa porra. Mas não era do jeito que eu esperava.

Eu falava pra todo mundo nos últimos dias que iria ter direito a 8Mbps, a mais fudida de todas. Quem se fodeu foi eu. Por que? “Como o senhor mora no cu do mundo, a Telefonica não vai poder estar mandando a porra do speed que o senhor pediu, pois você mora na puta que pariu”.

Tá, não foi assim que ela falou, mas foi quase. Tenho que me contentar com um Speed vagabundo de 1Mbps. Vamos ver se ele agüenta o tranco.

**********
Finalmente comprei um fone de ouvido que presta.

**********
Levar bolo de alguém pode ser a coisa mais comum do mundo, até pra mim. Mas levar bolo de ex namorada foi a primeira vez.

Mandei um recado pra ela no MSN (offline) dizendo que tava a fim de assistir um filminho inocente hoje. Caso ela estivesse a fim também, pedi pra que ela me ligasse no celular, pra irmos juntos.

Quem falou que ela ligou?

**********
O chulé é tanto que minha mãe teve que me dar um talco. Vê se pode?

**********
Que Ipod que nada. Vi hoje na Santa Efigênia a nova vítima da minha fúria consumista. Um MP4 lindo de morrer, com um puta design e (pra variar) preto.

Mas deixa pro mês que vem.

Fui fazer um servicinho pra Unicsul. Participei de uma ação de mkt numa escola, junto com várias outras universidades. Divulgação de vestibular, entrega de material, essas coisas. O que a gente não faz por 40 reais, não?

Ponto alto: várias menininhas de 16, 17 anos, com suas calças apertadas e seus peitinhos durinhos, que me faziam ter pensamentos impronunciáveis. Que saudades do colegial.

Ponto baixo: a grande maioria das menininhas me chamavam de tio. Me senti praticamente o tiozinho da Sukita.

Realmente, a vida é injusta.

Na boa, tem coisas que não conseguimos ficar sem. Sexo é uma delas. Eu, por exemplo, tô subindo pelas paredes há um bom tempo. Sou praticamente uma bomba armada prestes a explodir a qualquer momento.

Nem a conhecida tática de pensar na Dercy Gonçalves pra amenizar as coisas ta funcionando mais.

O que eu preciso é de uma boa noite de sexo bem gostoso. Alguém aí se propõe? Homens não, por favor!

Os efeitos colaterais por acordar cedo já estão aparecendo.

Desde que começei a trabalhar, já perdi umj episódio de CSI Miami, outro de Psych e outro de House.

Como jádisse Ben Parker: com grandes poderes vem grandes responsabilidades.

**********
E por falar em House, você já imaginou trabalhar com a Chloe, se tratar com o Dr. House e ter Denny Crane como advogado?

Dois luxos e um lixo. O comercial de Maracujina é muito engraçado, tirando sarro da cabeçada do Zidane. Pena que ta meio atrasado, porque isso já faz mais de um ano.

Outro comercial muito 10 é o de um novo produto da Nestlé, chamado Sollys. A vídeo mostra uma criança e seu “eu” futuro. Uma redação impecável.

Agora, na moral, que idiota aquele comercial do produto que controla o ph vaginal. E eu que nem sabia que vagina tinha ph.

**********
Descontrole. Recebi meu VR e meu VA e já fiz o favor de vendê-los para um lavador de dinheiro qualquer. O problema é que a grana não durou na minha mão. Só numa carteira eu paguei mais de cinqüenta reais!

Mas nem tudo é desperdício. Comprei umas camisas novas (viciei!) e paguei a parcela do computador, que já tava atrasada.

Quase tive um treco ao parar numa loja e ver a 6ª temporada de Arquivo X a R$ 99 e a 1ª de 24 Horas a meros R$ 80. Tudo bem, segunda agora eu recebo. Esses boxes já estão com o meu nome neles.

**********
Acabei de dar mais um passo na minha vida. Aprendi a dar nó de gravata. Agora passo as tardes fazendo e desfazendo nós, como um retardado.

**********
Na minha sala do Unibanco tem cerca de 20 mulheres. É claro que não conheço todas. Tenho contato com apenas umas 6. Todas lindas, inteligentes e divertidas. Todas com namorado/marido/noivo/rolo. A vida é mesmo injusta.

E olha só que rabo: tem dois caras que ganharam na quina da mega sena na minha sala. Um ganhou 19 mil e o outro, 21 mil. Novamente: a vida é mesmo injusta.

**********
Tekken é uma das franquias de luta mais famosas dos videogames. Começou com gráficos quadradões, que mais pareciam caixas empilhadas, e foi para a absoluta perfeição, como em Tekken Dark Ressurection.

Uma das melhores coisas do game é, sem dúvida, as lutadoras. Já pensou como elas seriam em carne e osso?

Esquenta não, isso é pura fantasia nerd.

O que a franquia CSI tem em comum com a banda The Who? Ambas as séries (Las Vegas, Miami e New York) possuem uma música da banda como tema de abertura (Who are you, wont get fooled again e baba oriley, respectivamente)

Pesquisando nas minhas MP3s da banda, descobri que tenho essas músicas. Não assisti muito a série CSI: NY, mas sou fã xiita de Lãs Vegas e Miami. As músicas não pararam de tocar no iTunes, por um bom tempo hoje. Só faltava o narrador dizer no final da música “CSI. Investigação criminal”, como na TV.

A Melhor música é wont get fooled again. Só faltava antes do “YEEEAAAHHH” as famosas frases de efeito do Horatio Caine. Só quem é fã e assiste entende.

Há algumas coisas que ficam na nossa imaginação. Acreditamos nelas, mesmo nunca ter visto, mas sempre teve “um amigo de um primo meu” que viu ou passou por tal situação.

São as chamadas lendas urbanas. Quem nunca conhece uma? Loira do banheiro, gangue do palhaço, roubo de rim na balada e… vagões segmentados do trem.

Essa é boa. Tem o vagão dos nóias, dos nordestinos, da mulherada e dos evangélicos. Sou uma prova viva de que essa segmentação existe. E tô vivo pra contar a história.

Porra, fala sério. 5h20 da manhã e eu entro justo no vagão dos evangélicos. Fui ouvindo berros de aleluia, glória a deus e música de crente em volume inumano de Poá até o Brás. E nem tinha o divino (!?) radinho pra salvar minha manhã. E meus ouvidos.

Crente é um povo estranho. Pensam que só eles vão pro céu. Talvez no céu deles deva existir um muro enorme, que corta o paraíso de ponta a ponta, como na Faixa de Gaza. Mas dos dois lados existe apenas paz e esse blá blá blá todo. Mas de um lado ficam os crentes, e do outro o resto do mundo.

O fato é que to vivo. Depois de quase ter sofrido lavagem cerebral, eu ainda tenho músicas que não saíram da minha cabeça. Mas até amanhã eu me recomponho. E não faço a cagada de entrar no mesmo vagão.

“Eu quero um emprego em que trabalhe meio período. Assim eu posso jogar bola de manhã e trabalhar de tarde”.

Eu sei que isso é uma merda, esses tipos de sentimentos e tal. Mas são coisas que, na minha situação, não se pode esconder. Ciúmes, inveja, sentimento de injustiça, fica a seu critério escolher.

Porra, peraí. Eu trabalho, me fodo desde os 12 anos. Já vendi sorvete, ferro velho, fui ajudante de pedreiro, vendedor, balconista, office boy e o caralho a quatro. Sempre tomei no cu pra ter meu dinheiro, minhas coisas.

Não pretendo parar meus estudos tão cedo. No ano seguinte já irei fazer minha pós e, depois dela, talvez eu já tenha outro curso em mente.

Enquanto isso, meu irmão nunca trabalhou de verdade na vida. O máximo foi um emprego de uns 2 meses como professor substituto numa escola, nesse ano. Ele já admitiu que não queria fazer faculdade, que meu pai pagou a dele porque quis. Ele já fez o absurdo de ir embora de casa por uns dias, porque minha família não quis pagar uma escola de futebol profissional.

Mesmo assim meu pai faz tudo por ele. Ensinou a dirigir, pagou a carta de habilitação, deu um carro e ainda não cansou de mimá-lo.

Hoje meu pai comprou um carro novo. Vai colocá-lo no nome do meu irmão. Ah, e é claro que meu pai é que vai pagar.

Sabe, as vezes eu penso na merda de vida que levo. Por mais que você trabalhe duro, dê o sangue pra mostrar seu valor, sua responsabilidade, sempre vai faltar algo. As vezes penso que é porque não sou um filho biológico, as vezes penso que é porque eu não faço por merecer, sei lá. Talvez pode nem ser um nem outro. Talvez também não seja nada. Como disse lá em cima, pode ser ciúmes, inveja, qualquer coisa.

As vezes fico pensando na merda de vida que eu levo. Mas um grande amigo me ensinou um dia desses: Um dia essa bosta vai ter que parar.

Tomara que esse dia chegue logo.

**********
Esqueci de comentar no meu Top 10: 3ª temporada de Lost, mais um item marcante, que está logo abaixo.

A cena final: No último flashback do último episódio da temporada (que descobrimos ser, na verdade, um flashfoward) vemos Jack totalmente acabado, barbudo e desleixado, gritando para Kate: “Nós devemos voltar! Nós devemos voltar para a ilha”

Agora não é mais Top 10, e sim 11.