Finalmente comprei Guitar Hero Encore The 80´s, o novo game da franquia musical da Red Octane, mas me decepcionei. Por que? Vamos lá.

Primeiro os gráficos. Não há mudança nenhuma. Parece até que é o jogo anterior, com os mesmos menus e até os layouts do jogo são idênticos, não houve alteração nenhuma. Pra falar a verdade, houve mudança somente no visual dos personagens, afinal é um jogo com temática dos anos 80. Mas de resto é tudo igual, como os cenários. Eu esperava alguma inovação, mas praticamente é o mesmo jogo, só que com músicas dos anos 80.

Isso leva a outro assunto. As músicas. Eu esperava um jogo com o melhor e o pior daquela época, mas veio muito pior do que melhor. Agora que a franquia é forte no mercado, bem que poderiam conseguir o direito de músicas mais legais. É claro, tem Dio, Scorpions e mais alguns nomes legais, mas é pouco para um game com 30 músicas. Número bem menor do que as outras versões, só pra deixar claro.

Quem é fã da série sabe que as músicas são tocadas por músicos contratados, e não pelas próprias bandas. Não que isso seja ruim (algumas músicas você nem percebe a diferença) mas talvez explique o porquê de I Wanna Rock, do Twisted Sisters ser uma das piores versões que já ouvi na minha vida.. Sem falar que o jogo é com músicas ao vivo, então porque tem algumas em que você toca e o volume vai ficando baixinho, baixinho, até a música acabar?

Sem falar que não há mais as músicas secretas pra você comprar, e nem os vídeos interessantíssimos sobre os bastidores do game, como os músicos em estúdio e a apresentação da equipe técnica.

Uma coisa boa? A dificuldade, que agora está insana e já me fez chorar como uma menininha com raiva. Mas também é só. Compre apenas se for fã da série, e aí tire suas próprias conclusões. Essa é a minha.

**********
Saiu o novo clipe do Xandria, uma das melhores bandas que já tive o prazer de ouvir na vida.

Ela é muito gata, mas eu particularmente acho que ela ficava mais bonita de cabelo ruivo. Quer comparar?

Xandria – Save my life

Anúncios