Pra economizar posts, vamos começar com o Play Count:

Vainglory – Decapitation attack

Benedictun – Ashes to ashes

Theatres des Vampires – Macabria

Megadeth – Hangar 18

Distorted – Flesh And Blood

**********
Alguém aí já teve um filho?

Hoje no banheiro eu cheguei o mais perto possível da dor de um parto. Só faltou uma garrafa pra eu assoprar.

**********
O wallpaper para celular mais bizarro que já vi: um com o baianinho das Casas Bahia.

**********
– Pô, você emagreceu. Te vi uns dias atrás e pensei “será que ele ta malhando”? Você ta com um corpo definido, ta de dieta?

– …!

Ta, se fosse mulher eu reagiria de outra forma, mas essa foi minha expressão ao ouvir isso de outro homem.

**********
Conhece aquela expressão “barba, cabelo e bigode”? Então, eu sou um ótimo cabeleireiro.

Deixo o momento modéstia de lado, mas quem conhece assina embaixo. Garanto.

**********
Fui ao shopping para comprar um simples livro pra dar de amigo secreto. Saí de lá com o livro (é claro!) e mais quatro DVDs.

Darkman: Sam Raimi já fazia experimentos com filmes que seguissem a linguagem dos quadrinhos muitos anos antes de dirigir Homem Aranha. Darkman é um clássico absoluto da Sessão da Tarde e um dos heróis mais legais que conehço.

Alta Tensão: diz a lenda que Alexandre Aja só foi chamado para dirigir o remake de Quadrilha de Sádicos (o ótimo Viagem maldita) devido ao seu primeiro filme. Alta Tensão é uma pequena pérola do cinema francês. Esqueça Amelie Poulin.

Calígula: devido ao meu pouco conhecimento em inglês, na música Rise of the Tyrant, do Arch Enemy, tenho quase certeza que há um diálogo desse filme. Meu transtorno obsessivo-compulsivo me obrigou a comprar a filmografia do imperador romano despirocado, só pra ver se estou correto.

Era uma vez no Oeste: talvez o melhor e mais famoso wester spaghetti da história, um filme de faroeste daqueles pra macho. Porra, tem Charles Bronson, você queria o que?

Agora a lista de filmes-que-comprei-e-ainda-não-assisti sobe para 28. Tempo é algo cada vez mais raro.

**********
Ta, o amigo secreto é de até R$50. Daí você pede o DVD do Harry Potter, que dá certinho nesse valor.

E fica puto ao saber que a Americanas abaixou o DVD pra 24,90. Todo castigo é pouco.

**********
Alguém aí já ouviu o álbum Angel´s Cry, do Angra? Tava ouvindo esses dias e percebi que André Matos dá uns gritinhos iguais àquela baranga do Calypso.

“Destaque” para Time, a música que bate o recorde nesse quesito. Só faltava o Chimbinha.

**********
Nunca fui fã do Aerosmith, mas uma amiga me arranjou a coletânia O, Yeah! Ultimate Aerosmith Hits. E antes que você pense, só tem música antes do Nine Lives, Armageddon e aquela melação de cueca toda.

Talvez seja por isso que as músicas sejam tão boas.

Anúncios