Trabalhar de domingo já é um saco, mas imagina você pegar um trem cheio de viado? Tá, é dia da Parada Gay, então a viadagem da região fica toda ouriçada e vai fazendo zona a viagem toda. Pior que um trem cheio de coquinhos, só um trem cheio de coquinho viados. Vendo esse pessoal chego a seguinte conclusão: viados se vestem igual mulher, e mulher se veste igual a puta – não todas, claro, mas pelo menos as que estavam indo pra Parada. E no meio dessa merda toda ta eu, indo trabalhar.

Está escrito na Bíblia: se estais no Inferno, então abraçais o Capeta. Passo então a procurar algum casal de lésbicas gostosas se comendo no vagão. Penso naquelas delícias de atrizes pornô que ficam se lambendo e se chupando por horas a fio, daí descubro, da pior maneira possível, que a vida não imita a arte.

O que vejo são sapatas coquinhas, gordas e cheia de pelancas, de mãos dadas pelo vagão, brochando toda e qualquer fantasia que se formava na minha mente suja e que me faz pensar “elas são feias pra caralho, por isso nenhum cara ficaria com elas”. É justo.

Depois dessa epopéia, com o iPod com o som no talo e lendo uma revista de videogame, chego no banco que nem parece banco (atrasado, mas isso não importa). Na volta, peço a Deus pra não ter que encontrar com aquela viadagem toda de novo. Daí lembro que não acredito em Deus, e não dá outra: volto pra casa num trem cheio de viado.

**********
Se há uma coisa que gosto de fazer se vou trabalhar num feriado prolongado, é ler. Passo numa banca de jornal e saio de lá com a EGM Brasil, a Revista Oficial do Xbox e a Gamemaster.

Leitura de qualidade que vai me entreter durante todo o feriadão e, conseqüentemente, todo o mês.

**********
Acabei apelando. O bolso falou mais alto dessa vez. Resolvi baixar Homem de Ferro e o novo filme do Indiana Jones.

Pesquisando mais no site, vi que tem filmes que eu nem sabia que dava pra assistir, como Diary of the Dead (o novo de George A. Romero) e também classicaços da Sessão da Tarde, como Conta Comigo.

Mas não posso viciar. Não construí um império de mais de 300 DVDs originais pra depois jogar tudo pro alto em nome da pirataria.