Nada a comentar sobre Lost ultimamente. Mas tenho que confessar que qualquer episódio que tenha o Hurley já vale o post.

Hurley fazendo paralelos sobre viagens no tempo dizendo que, se eles mudarem o passado, eles irão afetar o futuro e desaparecer igual Marty Mcfly em De Volta Para o Futuro me divertiu horrores.

Na verdade, qualquer episódio que tenha diálogos entre Hurley e Miles já vale. Não gostava muito do japonês/coreano/chinês/sei-lá-qual-a-origem-dele, mas isso está mudando. Teve uma disputa para ver quem tem o poder de ver gente morta mais legal (tá, só o Hurley estava disputando, na verdade). Teve também o Hurley tentando criar uma amizade entre o Miles eu seu pai mal-humorado. Mas o melhor foi ver o Hurley aproveitando que, já que está em 1977 mesmo, ele resolve reescrever o roteiro de O Império Contra Ataca… com melhorias. Love you, Hurley.

**********
Saiu o último trailer do novo filme do Harry Potter.

**********
Após ler o último livro da série, fiquei com uma impressão sobre um personagem que acho que nunca expressei pra alguém, mas Snape é o cara.

**********
Voltando pra Lost: assim como a Charlotte, o Miles também nasceu na ilha no auge da Iniciativa Dharma. E ele é filho do Dr. Marvin Candle. Tô bege.