Gosto do Nicholas Cage. O cara tem um filho chamado Kal El. Bem antes de dar ao seu filho o nome verdadeiro do Superman, ele adotou o sobrenome artístico Cage do personagem de quadrinhos Luke Cage. E ele é sobrinho do Francis Ford Copolla. Não sou um super fã do ator, mas curto os seus filmes. são divertidos. Menos a merda cavalar em The Wicker Man (How did it get burned??). Aquele não dá pra engolir nem com Coca Cola.

pressagio_1

A mais recente empreitada do ator foi em Presságio, filme-catástrofe com toques sobrenaturais lançado há algumas semanas. Talvez não entre na lista dos melhores filmes de 2009, mas é um filme bom com tudo aquilo que se vê de legal em filmes-catástrofe: destruição e muitas mortes, principalmente na orgasmática cena da queda de um avião (caralho!!).

47

Há 50 anos, pra comemorar a inauguração de uma escola, os professores convocam os alunos para desenharem imagens sobre o futuro e colocaram numa cápsula, que será aberta 50 anos depois. Na época atual, na hora da abertura da cápsula, Cage acaba achando entre os desenhos uma folha repleta de números aparentemente aleatórios. Confesso que é preciso fazer muito esforço para acreditar na série de “coincidências” que se sucedem, mas Cage encontra um padrão nos números e descobre que a folha contém a data e o número de mortos de cada grande desastre nos últimos 50 anos com precisão nostradâmica. Sobraram apenas três tragédias futuras no papel, e é aí que o filme engata.

A premissa é excelente. Adoro filmes que tratam de assuntos como destruição, morte de milhares e até uma possível extinção da raça humana. Só há uma coisa que não desce, e essa coisa tem nome e sobrenome. Sinto muito, mas ficção científica e suspense não é para o homem e tentar engolir que Nicholas “How did it get burned “ Cage é capaz de fazer o papel de um professor de astrofísica do MIT convence tanto como Steven Seagal fazendo uma comédia romântica. Ou Cage faz cara de deprimido ou dá seus chiliques a lá How did it get burned o filme inteiro. Foi mal Nick, mas é verdade. Fazer papel de pai deprê viúvo que perde a fé e que não se dá bem com o filho é muito clichê.

p050509_2246

Presságio é um filme-catástrofe com alguma coisa de premonição. Apesar de ser sci-fi e possuir cenas de destruição de prender a respiração, o filme tem muitos elementos puxados pro suspense e sobrenatural, como a menina que fez as profecias dizer que ouvia vozes sempre, dando um ar de que há um significado maior com tudo isso, e também nos homens sinistros que começam a perseguir Cage e seu filho.

Apesar dos pesares, não é um filme ruim. Filme-catástrofe é sempre assim: você chega, assiste, morre uma caralhada de gente, e você sai feliz da vida do cinema. Tirando Cage com sua indefectível cara de ué no filme inteiro, o longa é muito bom e cumpre a que veio. Sem querer contar o final do filme, mas tenho que confessar que seria muito melhor se o filme acabasse cinco minutos antes do final mostrado no cinema.

 

Presságio – Trailer (legendado)

**********
Mas peraí. Alienígenas? Whatarréu?